Sabe aquela cena dos filmes de guerra em que o general comanda toda uma equipe de dentro de uma sala? É um local cheio de telas, assistentes, mapas, smartphones e computadores. Lembra?

Então, você pode ter uma sala assim para administrar a infraestrutura de tecnologia da sua empresa. Não, não é coisa de filme. Chama-se Network Operation Center (NOC), em português, Centro de Operações de Rede.

Neste post vamos explicar para você o que é o NOC, como funciona e por que você deve ter um desses na sua empresa. Boa leitura!

O que é o NOC?

O Centro de Operações de Rede é um local (uma sala) onde estão concentrados os instrumentos de monitoramento e gestão de tecnologia da informação. É uma espécie de gabinete de crise ou sala de situação para acompanhar tudo em tempo real.

Por meio de softwares especializados, uma equipe de técnicos fica 24 horas por dia de olhos bem abertos nos alertas emitidos pelo sistema, como os gateways, os roteadores ou outros softwares de comando.

Qual o objetivo do NOC?

O NOC vem ganhando força no mundo corporativo por um motivo em especial: evitar que o usuário final perceba algum problema na rede antes mesmo da própria empresa. Por isso, muitas companhias estão criando NOCs (internamente ou outsourcing).

A ideia é que a equipe da sala de situação atue de forma preventiva. Sempre que perceber algum desequilíbrio na estrutura de TI, o pessoal dá partida a um plano de ações de mitigação do problema.

Se um cabo de comunicação se rompe, por exemplo, o NOC identifica a falha e logo envia alguém para consertar o problema.

Mas o NOC não serve apenas para monitorar. A sala também emite relatórios de segurança e análise de dados que ajudam a melhorar a gestão global da empresa.

NOC é só para grandes empresas?

Não.

O conceito NOC surgiu para atender grandes companhias, que prestam serviços para milhões de clientes. É o caso das concessionárias de rodovias, gestoras de usinas hidrelétricas e empresas de telecomunicações.

Com a disseminação do conceito e o barateamento da tecnologia, porém, o NOC deixou de ser exclusivo para grandes companhias. Pequenas e médias empresas também estão aderindo ao conceito e colhendo bons frutos.

Quais as vantagens de ter um NOC?

Ter uma sala de comando traz vários benefícios, elencamos alguns:

  1. Monitoramento da plataforma de tecnologia 24 horas por dia;
  2. Baixo tempo de resposta aos problemas na infraestrutura;
  3. Redução no número de reclamações dos clientes;
  4. Vantagem competitiva frente aos concorrentes.

Quais os níveis de serviço no NOC?

Para que a sala de comando funcione de maneira adequada, é importante que a empresa defina os níveis de serviço. Por níveis de serviço podemos entender a complexidade e a forma como a equipe NOC atende e responde aos chamados. Por exemplo:

  • Nível 1: os chamados são feitos e atendidos por telefone e e-mail. Baixo nível de complexidade;
  • Nível 2: nível mais aprofundado do que o anterior. Nesse caso, a orientação pode ser feita pela própria equipe de TI, de maneira remota ou presencial;
  • Nível 3: atendimento a questões mais complexas da infraestrutura. Pode ser feito de maneira remota ou in loco.

Agora você já entendeu bem o que é NOC e a importância desse conceito para sua empresa. Quer aprender mais? Então, clique aqui e leia sobre os 3 motivos para investir em workflow.