O servidor é uma base de informações que tem diferentes usos. No meio empresarial, ele possibilita um tráfego mais veloz e a integração dos setores internos. Já na internet, a função dele é controlar o acesso de uma determinada rede. Assim, todos os dados destinados ou recebidos passam pelo servidor, onde são verificados e enviados de volta ao usuário. Nestes dados estão incluídos desde o cache de páginas até o número de logins de um site.

Por conta disto, problemas no servidor influenciam diretamente a estabilidade de um site, ou seja, há quanto tempo ele está online. E um site fora do ar e lento afeta a confiança até do visitante mais fiel, que não hesita em navegar pelo canal de um concorrente.

Entre as falhas que podem atingir um servidor, a principal é a sobrecarga.

Muitos não sabem, mas a causa mais comum para uma sobrecarga é o número de acessos. Dentro do universo online, o número de visitas, visualizações, comentários, curtidas e cliques têm um imenso valor. Não é a toa que um dos métodos de precificação de publicidade em sites é o CPC (custo por clique). E o Google AdWords, meio pelo qual as empresas anunciam no Google, também se baseia na audiência.

Mas se por um lado, esta audiência é responsável pela atratividade do setor online. Por outro, ela pode derrubar um servidor. A cada novo visitante em uma página, o servidor precisa utilizar unidades de processamento e memória. E conforme os acessos simultâneos aumentam, também eleva a exigência por mais recursos.

Entretanto, todo servidor tem o seu limite e assim que ele o alcança, os usuários irão notar lentidão e um crescente número de respostas de erro, chegando a um ponto onde o sistema fica completamente indisponível. Um exemplo disto é o site da Receita Federal que não suporta a quantidade de visitas no último dia da entrega do imposto de renda e fica offline.

Outra razão para um site ficar fora do ar é o reparo do próprio servidor. Servidores de má qualidade tendem a entrar em manutenção ou realizar correções de bugs constantemente. E em muitas vezes, este processo leva horas pra ser finalizado, o que faz com que os usuários saiam da página.

Milhares de grandes e médias empresas utilizam servidores para comunicação entre suas diversas unidades, lojas e franquias espalhadas pelo brasil. Sem essa comunicação toda sua operação pode parar, causando prejuízos milionários.

Sabendo dos riscos que um inconveniente no servidor pode causar, a Komputer criou um software de monitoramento chamado Komputer Auge. Com ele, o profissional de TI tem acesso às métricas de infraestrutura e componentes técnicos, podendo identificar qualquer sinal de falha ou indisponibilidade do sistema.