Na hora de promover o crescimento de uma área da empresa — e, às vezes, até de mais de uma — os gestores se veem diante de uma escolha que frequentemente abre espaço para muitas dúvidas: vale mais a pena terceirizar o serviço, optando por uma solução de outsourcing, ou mantê-lo sendo realizado pelas equipes internas?

Essa não é uma questão simples, mas é estratégica para o futuro de um negócio; dela dependem resultados posteriores, direcionamentos de investimentos e a escolha de todo um perfil de trabalho para a empresa.

Antes de decidir, conheça os principais benefícios que cada opção é capaz de proporcionar para a melhoria dos seus resultados.

Quais as vantagens do insourcing?

Internalizar uma atividade é a iniciativa de alguns gestores que não se sentem seguros em delegar a terceiros a responsabilidade sobre parte de seus resultados. Olhando por esse ângulo, podemos citar alguns pontos positivos do insourcing:

1. O maior controle para a empresa

Há gestores que gostam de deter o controle de todos os seus processos e, por isso, preferem manter a execução das atividades “dentro de casa”, por assim dizer. Ao terceirizar uma atividade, você passa parte desse controle para o fornecedor, que gere suas equipes, comprometendo-se a entregar o resultado esperado.

Manter esse controle internamente, entretanto, pode incorrer em maiores custos ao negócio, pois é preciso dispor de pessoal e recursos para tanto.

2. Maior expertise sobre o negócio

Quando uma atividade é mantida dentro dos limites da empresa, os colaboradores responsáveis já conhecem todo o processo e o direcionamento do negócio: entendem suas peculiaridades e sabem como tudo funciona.

Uma solução de outsourcing pode demandar um período de adaptação mútua, pois a empresa contratada é especializada em uma determinada atividade, que precisa ser adequada à realidade de sua empresa.

Quais as vantagens do outsourcing?

A terceirização de demandas tem crescido exponencialmente e esse fenômeno não ocorre à toa: o sucesso desse formato de trabalho se apoia em inúmeras características, vistas como muito vantajosas pelas empresas. Entre as principais, temos:

1. A redução de custos

Uma das razões mais atrativas para buscar o outsourcing é o fato de que os custos com infraestrutura e pessoal são minimizados internamente e repassados ao fornecedor. Em áreas como a TI, que pedem geralmente um parque de recursos caro, além de incorrer em gastos como o recrutamento e seleção de profissionais capacitados, essa vantagem traz, então, um enorme diferencial competitivo.

2. O foco dos profissionais terceirizados

Enquanto seu pessoal pode focar no negócio propriamente dito, sem se preocupar com áreas que não são o principal ponto de atuação da empresa, um fornecedor pode garantir que sua equipe esteja focada em prover as melhores soluções para o cliente — no caso, sua empresa — pois essa é a razão da existência dela.

Sua empresa, por outro lado, para de se preocupar com a produtividade da equipe, posto que esta é uma tarefa do fornecedor.

3. A possibilidade de atualização constante

A tecnologia e a competitividade do mercado exigem sempre a inovação e acompanhamento das novas tendências, sob pena de ter em mãos um negócio obsoleto. O outsourcing permite manter estruturas modernas sem se preocupar com investimento constante com substituições de maquinários e atualização dos profissionais.

4. A melhor distribuição de investimentos

Livres da preocupação com as áreas terceirizadas, as empresas podem focar seus recursos em investimentos estratégicos, que tragam resultado mais direto ao seu negócio.

Como se pode ver, no final das contas o outsourcing consegue prover soluções diretas e eficazes para a modernização das empresas, garantindo foco em suas atividades principais e melhor gestão dos resultados.

Quer saber mais sobre outsourcing de TI e conhecer de perto as vantagens que sua empresa pode obter? Entre em contato com a Komputer e conheça nossas soluções.